3 dicas para não cair no cheque especial!

Utilizar o cheque especial para quitar algumas dívidas tem se tornado um hábito para muitos brasileiros, muitas vezes os consumidores não possuem nem ciência que entraram no cheque especial.

É importante estarmos atentos a isso, graças aos altos juros que são cobrados com a utilização dessa opção. Por isso, separamos 3 dicas para te ajudar a não entrar nessa furada. Confira:

O que é o cheque especial?

O cheque especial é um limite disponibilizado pelo banco, como se fosse um empréstimo já pré-aprovado, que o consumidor pode utilizar a qualquer momento. Muitas vezes ele é utilizado para quitar alguma dívida ou contas com débitos automáticos que excedem o valor presente na conta e o consumidor já entra no crédito especial sem perceber. E é aí que encontra o perigo!

Por que não utiliza o cheque especial?

Devido a facilidade de utilização, já que o limite está pré-aprovado pelo banco, que também não solicita nenhuma garantia, como normalmente ocorre em empréstimos, o cheque especial possui juros altíssimos. E é por isso que é um erro utilizá-lo como se fosse uma extensão da sua conta corrente.  

Como não entrar no cheque especial?

1 Organize-se

Geralmente caímos no cheque especial por falta de organização financeira. O ideal é utilizar planilhas para se organizar e visualizar melhor todos os gastos e dívidas mensalmente. Assim, você conseguirá ter um controle melhor de tudo que foi gasto e quanto ainda possui.

Uma opção simples para te ajudar nisso é utilizar aplicativos para celular que controlam os seus gastos. Dessa forma, estará sempre ciente de quanto está devendo e quanto ainda possui na conta.

2 Utilize dinheiro no lugar do cartão

Andar com o cartão de débito no lugar de dinheiro é uma prática comum nos brasileiros. Mas apesar da praticidade, é muito fácil perder o controle dos gastos. O ideal é que você ande com a quantia que espera gastar durante o dia, assim conseguirá ter um controle das finanças, além de não correr o risco de entrar no cheque especial sem perceber, mesmo que por pouco tempo.

3 Diminua o limite do seu cheque especial

Quando o consumidor abre sua conta corrente o banco estipula o valor do cheque especial de acordo com o perfil do cliente. Se todo o mês você ultrapassa o valor que está na sua conta e entra no cheque especial, uma solução é solicitar que o valor dele seja reduzido. Assim, quando a sua conta chegar próxima a zero, e não houver dinheiro suficiente para cobrir uma compra, há um bloqueio automático da mesma e não a entrada no cheque especial.

Levando em conta nossas dicas, você conseguirá se organizar para não cair no cheque especial e caso caia, opte por efetuar o pagamento assim que possível, pois determinados bancos possui um período com juros reduzidos, confira qual é o do seu banco e lembre-se, qualquer dúvida o Procon Vitória está à disposição.