Celular pré ou pós-pago? O que você precisa saber para evitar fraude

Hoje o celular é um dos nossos companheiros inseparáveis, certo? Por isso, separamos algumas dúvidas comuns sobre telefonia móvel referente a pacotes pré e pós-pagos. Confira:

No geral, a diferença entre o serviço pós e pré-pago é que o primeiro o consumidor assume um compromisso mensal com a operadora, efetuando o pagamento mensal da sua assinatura de determinado pacote. Já no segundo, esse pacote é pago através de crédito, ou seja, o mesmo realiza recargas que serão usados para a utilização dos serviços.

Posso cancelar o serviço durante o prazo de fidelização?

Geralmente, quando as operadoras entram em contato oferecendo algum pacote pós-pago ao seus consumidores, temos o prazo de fidelização, esse período trata-se do vínculo que o cliente possui com a operadora em questão pelo prazo máximo de 12 meses. Normalmente a fidelização ocorre quando há algum benefício na contratação ofertada, como por exemplo desconto no valor do plano.

Você como cliente, pode sim efetuar o cancelamento do serviço, mesmo estando no período de fidelização. Entretanto, é importante ter conhecimento de que o cancelamento antes do fim do período de fidelização irá gerar a cobrança de multa pela operadora de telefonia.

 

Posso solicitar a suspensão temporária do serviço, sem que haja a cobrança pelo período?

Você pode solicitar a suspensão temporária sem que haja cobranças no prazo de 30 a 120 dias, desde que seja realizada uma vez no ano.

O que fazer em caso de cobrança indevida?

Caso haja alguma cobrança indevida, seja ela nos serviços pós ou pré-pagos, deve-se entrar em contato com a operadora e relatar o ocorrido. Os valores cobrados indevidamente serão devolvidos, com juros e correção monetária, seja na próxima fatura do usuário pós-pago ou em créditos do usuário pré-pago.

Agora que você já conhece mais sobre telefonia móvel, analise seu pacote e suas opções e veja se realmente sua operadora está respeitando os seus direitos.