Compra de pacotes de viagem pela internet: cuidado para não cair em cilada!

A compra de pacotes de viagem, passagens e reservas de hotéis pela internet é bastante cômoda, mas é preciso tomar alguns cuidados para não se cair em ciladas. Por isso, o Procon Vitória separou algumas dicas para quem pretende aproveitar o período de férias escolares para passear.

Planeje

A primeira dica é sempre planejar as viagens com antecedência. Dessa forma, o consumidor tem maiores chances de gastar menos, uma vez que, em muitos casos, quanto antes a compra for realizada menores são os valores cobrados.

“Muitos hotéis disponibilizam diárias mais baratas para quem reserva com antecedência, assim como as passagens aéreas, que ficam mais caras na medida em que as poltronas nos voos são vendidas e a data da viagem se aproxima. Além disso, quem deixa para última hora corre o risco de não conseguir o que queria”, lembra a gerente do Procon Vitória, Herica Correa Souza.

Cuidado com o site

Outra dica importante é que o consumidor sempre verifique se o endereço do site onde vai realizar a compratem selos de segurança é iniciado com “httpf”. Isso afasta as chances de que ele seja vítima de fraudes ao fazer a compra de pacotes de viagem pela internet.

“É importante também verificar se as empresas são idôneas. Ao reservar um hotel, por exemplo, preste atenção nos comentários das pessoas que já foram hospedadas no estabelecimento. Essa pesquisa é muito simples de ser feita, basta consultar os sites de reserva de alojamento”, recorda Herica Correa.

Guarde os comprovantes

Ao realizar a compra de pacotes de viagem pela internet, o consumidor deve ter o cuidado de imprimir a tela com os dados da transação. Vale também juntar o eventual material de divulgação fora da internet que comprove o que a empresa anuncia para o consumidor, como panfletos e anúncios de jornais e revistas. Isso será útil se algo não sair como o esperado e o cidadão queira fazer alguma reclamação.

“Se o cidadão faz uma compra e a empresa não entrega o que foi prometido, ele deve buscar os seus direitos junto aos órgãos de defesa do consumidor”, alerta a gerente do Procon Vitória.

Viagens internacionais

Se for viajar para fora do País, lembre-se de que o câmbio de moedas afeta os gastos em geral. Seja um consumidor consciente e fique atento também quanto uso do cartão de crédito. Com o cartão fica mais fácil perder os gastos de vista e, além disso, há incidência do IOF nas compras no exterior. Isso pode fazer com que o consumidor tenha um susto ao receber a fatura no Brasil!